Estudos

Os Lábios vistos de frente.

A foto abaixo demonstra perfeitamente como deve ser o lábio do Fila em vista frontal.

De tamanho harmônico com uma profundidade moderada, mostra-se pendente logo abaixo da trufa, formando um nítido “U” invertido.

Caiçara do Caramonã – 2010 – 4 meses de idade.

Muitos cães da atualidade perderam esta característica, tendo os lábios caídos em forma de “V” invertido muito nítido, geralmente acompanhado de lábios de excessiva profundidade e tamanho.

Aspecto Geral

Em termos de Aspecto Geral, tratando-se do indesejável para a raça Fila Brasileiro, é inevitável que se faça distinção entre a figura que corresponde ao padrão racial, e as distorções presentes em parte do plantel atual, causadas pelas misturas raciais.

Por isso, ainda não vamos tratar das questões técnicas relativas a aprumos, angulações, e outros itens que se relacionam a defeitos que ocorrem em qualquer raça ou plantel, mas vamos focar no grande problema do nosso Fila: a atipia por mestiçagem.

Vamos apresentar algumas figuras criadas a partir de estudos e observações nossas, identificando as influenciadas pela mestiçagem, raça por raça das que foram introduzidas criminosamente no Fila.

É evidente que existem casos de figuras resultantes de mestiçagem entre várias raças ao mesmo tempo, o que pode dificultar por vezes de onde vem determinadas características inaceitáveis `a raça.

No entanto, podendo-se identificar as principais marcas das misturas, raça a raça, ficará mais fácil a identificação de mais atipias que acaso estejam surgindo no plantel atualmente, já que a cada década tem surgido novas formas de modismos atípicos, da parte de criadores/inventores de filas.