Estudos


Quanto distantes já estamos hoje entre as imagens à direita, e à esquerda?

Aqueles criadores que estão no meio do caminho, já não podem retornar.

Fêmea pura de origem fotografada em fazenda – ano 2010.

 

Como ficarão os criadores/preservadores diante de uma realidade que permitiria meios Filas, sob o risco de se eliminar o verdadeiro tipo racial em nome de um “puro por cruza”?

Vamos honrar e respeitar a memória de Paulo Santos Cruz, produzindo mestiços disfarçados de “puros por cruza”?

Que a política de clubes, que o poder e o controle sobre esta raça, sejam pautados pelas nossas reais responsabilidades.

Não se consertará um passado eivado de erros, com o disfarce de mestiços menos mestiços que os do passado.

Sabemos que não é tarefa fácil criar bons filas na atual conjuntura, em que dispomos de pouco material genético puro, muitas vezes consanguíneo, para tal tarefa. Mas é melhor errarmos tentando fazer a coisa certa que errarmos sabendo do erro!

 Clique abaixo e veja um Fila Original em uma demonstração de trabalho no campo.

 

Antônio Carlos Linhares Borges – titular do Canil Caramonã.