Padrão Original

 Estudo do Padrão Original.

PADRÃO ORIGINAL FILA BRASILEIRO.

Denominamos Padrão Original Fila Brasileiro, àquele Fila Brasileiro definido pelos idealizadores do primeiro texto de padrão racial, Srs. Paulo Santos Cruz, Erwin Waldemar Rathsam e João Ebner, traçado em 1946 e referendado pelo Brasil Kennel Clube em 1952.
O texto descreve o padrão dos cães que se via no interior do Brasil, a partir da observação destes estudiosos, confirmado pela observação da cinofilia nos quase 30 anos que se seguiram.

Posteriormente o texto foi alterado, sob vários pretextos, assim como uma parte considerável dos cães da raça, porém consideramos que deve prevalecer a essência do Fila do primeiro padrão.

O atual texto oficial (CBKC 1984), reelaborado após inúmeras denúncias de mestiçagem do Fila com outras raças, não diverge do texto original basicamente, exceto no ítem relativo ao temperamento, infelizmente. Oferece na parte que faz referencias às faltas, muito detalhes importantes que podem ajudar a discernir um Fila de um mestiço. Já o texto do CAFIB, reformulado do original por Paulo Santos Cruz em 1977, reflete uma preocupação com o advento da mestiçagem na raça Fila, com detalhes mais interessantes, mas na essência mantendo a base original.

É de se lamentar que os padrões atuais não venham sendo aplicados integralmente por parte da cinofilia, já que se corretamente praticados, todos eles podem proporcionar boa orientação à criação.

O que importa para se identificar um exemplar original, é a interpretação do texto, uma vez que qualquer texto racial oferece margem para interpretações. Motivo pelo qual vamos procurar elucidar equívocos de interpretação, que na nossa opinião vem ocorrendo atualmente, enquanto procuramos definir o padrão visual que consideramos melhor.

Evidentemente que com o reconhecimento oficial da raça, e sua criação sistemática com proposta de aprimoramento, a seleção racial tende a definir rumos a partir de exemplares considerados superiores. Consequentemente o nível de qualidade média na raça deve se elevar.

Mas para que isso ocorra, é importante que se defina exatamente o que é um exemplar superior dentro da raça. Quais são as características que se deve priorizar nos processos de seleção?

Na criação Caramonã sempre procuramos identificar os exemplares superiores como aqueles que partindo de uma base de padrão (padrão original), se enquadram nos itens que o tornam : típico, útil e saudável. Dentro destas premissas, buscamos aqueles que se destacam mais.

Por isso, a descrição do primeiro texto de padrão racial é fundamental, como uma base de onde se deve partir para compreender o atual padrão adotado pela CBKC e também o padrão adotado pelo CAFIB. E daí, compreender o nosso Fila.
A cópia fotográfica da cabeça de um Fila Original publicada abaixo, a partir do boletim 20 do CAFIB de Julho de 1980, da femea Zumba de Parnapuan, na nossa opinião um modelo de cabeça, vem a exemplificar o Fila que desejamos, em consonância com o texto do primeiro padrão da raça.